CENÁRIO POLÍTICO | Cresce o nome do vereador Cori à sucessão municipal em Conquista

Resultado de imagem para imagens prefeitura de vitória da conquista

A leitura do cenário político em Vitória da Conquista, pelo Jornal A Tarde, até que tenta, mas nem de longe mostra o desenho atual da próxima disputa para a Prefeitura do terceiro município da Bahia (atrás de Salvador e Feira de Santana).


Nem quem vive o dia-a-dia dos bastidores locais consegue vaticinar o próximo dono da cadeira de prefeito para o quadriênio 2020/2024. Mas a figura do vereador Professor Cori (PT), um nome em franco crescimento político, pode ser o divisor de águas na oposição ao governo Herzem Gusmão (MDB).

E o que sintetiza a reportagem do A Tarde? 

"Cidade conhecida historicamente por não seguir tendências políticas estaduais e/ou nacionais, Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, tende a não apresentar grandes rupturas no cenário que se desenha para as eleições municipais de 2020. Por lá, a polarização entre o petismo histórico, que governou o município por 20 anos (1997-2017), e o antipetismo materializado na figura do atual prefeito Herzem Gusmão (MDB), responsável por romper este ciclo de poder, deve ditar o ritmo da disputa".

O PT vive a expectativa de voltar à prefeitura da cidade onde experimentou uma de suas mais longevas experiências no Executivo em todo o país. Em Conquista, o partido chegou ao governo no ano de 1997, antes mesmo de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva iniciar seu primeiro mandato, em 2003.

Para retornar ao poder, o PT tem duas soluções, com maior força internamente, já conhecidas do eleitorado: o ex-prefeito Guilherme Menezes, que governou o município quatro vezes, e o deputado estadual Zé Raimundo, prefeito uma vez. Outra opção é o deputado federal Waldenor Pereira. Também cogitado, mas com chances menores, está o vereador Professor Cori.

Talvez aí esteja um dos primeiros equívocos da reportagem a nível estadual, haja vista que o vereador Cori tem relevantes serviços prestados há anos, quer como representante de comunidades rurais ou como defensor da educação pública de qualidade (sendo até mesmo secretário municipal de Educação no governo Guilherme Menezes).

Quem acompanha o trabalho do vereador Cori, também sabe da sua conduta ilibada na condução dos trabalhos legislativos em prol da comunidade e da sua incansável busca por serviços essenciais à população, como respeito ao consumidor, saúde e transporte público de qualidade.


Apenas para citar um dos múltiplos feitos do parlamentar, foi com base em seu cotidiano esforço, por exemplo, que a Câmara Municipal produziu, por meio da Comissão de Defesa do Consumidor, um dos mais bem elaborados e profundos estudos sobre indícios de cartelização dos combustíveis na cidade (vídeo acima). 

Material pronto, apresentação à comunidade e imprensa feita, Cori e seus pares protocolaram a farta e robusta documentação nos órgãos competentes. Agora é com o Procon, Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), Secretaria de Fazenda, ministérios Público Estadual e Federal e Ibametro.


Ainda sobre Cori, em recentes entrevistas ao Sudoeste Digital, mostrou força ao defender os direitos dos rodoviários da Viação Rosa (acima) e a manutenção dos serviços da Embasa, potencial alvo de privatização em Conquista. (abaixo).

Postar um comentário

0 Comentários