novo horizonte fainor Visualizar

PRF EM AÇÃO | Dois homens presos por tráfico de drogas e 70 Kg de maconha apreendidos em Vitória da Conquista


Em 2020, a PRF na Bahia já apreendeu quase 350 quilos de drogas durante abordagens a ônibus de passageiros. Nestas ocorrências foram presos 3 homens e 7 mulheres, além de uma adolescente apreendida por ato infracional.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na noite desta quinta-feira (13), aproximadamente 70 kg de maconha escondidos em malas de viagem transportados em ônibus de turismo que fazia o itinerário São Paulo (SP) x Natal (RN). O flagrante ocorreu durante uma fiscalização da PRF no KM 828 da BR 116, em Vitória da Conquista.
Por volta das 16h30, agentes da PRF abordaram um ônibus que saiu de São Paulo (SP) com destino a Natal (RN). Ao subir no veículo e conversar com os ocupantes, os policiais perceberam um nervosismo incomum em dois passageiros que estavam sentados próximos. Entrevistados, ambos apresentaram diversas informações inconsistentes acerca do destino e motivo da viagem, o que levou a equipe a aprofundar à fiscalização no ônibus.
Na bagagem do passageiro de 28 anos, foram encontrados 45 quilos de maconha, dentro de duas malas. Aos policiais, ele disse que a droga foi entregue na cidade mineira de Uberlândia e entregaria na rodoviária de Recife (PE). Disse ainda que receberia 2.000 reais pelo transporte do entorpecente.
Em continuidade a vistoria no ônibus, foi encontrado na bagagem do segundo passageiro 26 pacotes do entorpecente. Após pesagem, a quantidade da maconha somou-se 25 quilos. Questionado, o rapaz de 24 anos e natural de Ibipeba (BA) disse que também receberia 2.000 reais para levar a droga de Uberlândia até a capital pernambucana.
Diante dos fatos, os envolvidos receberam voz de flagrante delito e a ocorrência foi apresentada com o produto apreendido na Delegacia de Polícia Civil em Vitória da Conquista (BA), para adoção das providências cabíveis. Eles responderão na Justiça pelo crime de tráfico de drogas (art. 33 da lei de tóxicos).
Relembre às apreensões de drogas em 2020 registradas em ônibus de passageiro nas rodovias federais do estado
Jovem de 19 anos é presa pela PRF transportando maconha no oeste da Bahia https://wp.me/p9NbQv-lnv
Passageira de ônibus é presa por tráfico de drogas transportando 25 kg de maconha escondida na bagagem – https://wp.me/p9NbQv-mb8
Mulher é presa transportando 50 kg de maconha em ônibus – https://wp.me/p9NbQv-mdn
Mais uma apreensão de maconha é realizada pela PRF durante abordagem a ônibus de turismo na BR 101 no Extremo Sul da Bahia – https://wp.me/p9NbQv-mpo
Flagrante na BR-116: PRF apreende 50 Kg de maconha durante abordagem a ônibus de turismo em Vitória da Conquista – https://wp.me/p9NbQv-myN
Apreensões de maconha movimentam o plantão de fiscalização na BR 116 em Vitória da Conquista; assista – https://wp.me/p9NbQv-mIB
Combate a Criminalidade: PRF prende passageiro de ônibus com mochila “recheada” de maconha – https://wp.me/p9NbQv-mMX
Menor é apreendida após ser flagrada transportando 8 Kg de maconha em ônibus – https://wp.me/p9NbQv-mSk
1.500 comprimidos de ecstasy e 20 kg de maconha são apreendidos em ônibus de passageiro na BR 116 em Vitória de Conquista (BA) – https://wp.me/p9NbQv-n10
RECORDE HISTÓRICO
O volume de drogas apreendidas pelos policiais rodoviários federais no ano passado saltaram de 6 toneladas em 2018 para quase 17 toneladas em 2019. Deste total, 15,3 toneladas são de maconha; 1,3 tonelada de cocaína; e 123 quilos de crack. No ano de 2018, foram apreendidos 5,8 toneladas de maconha; 309 quilos de cocaína; e 138 quilos de crack. Os números apresentados em 2019 representam um aumento de 161% de maconha e de 318% na apreensão de cocaína, quando comparados a 2018. Esse volume é o maior de toda a série histórica de drogas retiradas de circulação da PRF no estado.
A PRF apertou o cerco ao narcotráfico e alguns fatores contribuíram para esses resultados como o investimento na capacitação do efetivo, a implementação da tecnologia, a utilização de cães farejadores, as ações integradas com outras forças policiais e o aumento das ações de inteligência.

Postar um comentário

0 Comentários